Recomeço

Mitos e verdades sobre o luto

O luto é um sentimento de perda profunda e faz parte da vida. Você pode nunca ter vivenciado, mas certamente conhece alguém que já passou por esse processo. É doloroso, mas necessário. Mesmo assim, muito se questiona sobre o que é mito ou verdade. Para sanar algumas dúvidas, elencamos algumas curiosidades acerca do tema.

Mito: O luto não é normal.

Verdade: O luto é um processo de perda natural a ser vivenciado.

Mito: Devo passar por todas as fases do luto.

Verdade: São cinco as fases do luto: negação, raiva, negociação, depressão e aceitação. Algumas pessoas vivem o sentimento nesta ordem ou simplesmente não passam por todos os estágios.

Mito: Estou de luto. Devo procurar um especialista.

Verdade: O luto não é uma doença a ser tratada ou curada. Estar de luto não precisa necessariamente de auxílio profissional. Vai depender da intensidade vivenciada por cada pessoa.

Mito: O luto demora um ano para passar.

Verdade: Não há um tempo pré-determinado, pois o luto é individual.

Mito: A pessoa que está no processo de luto sempre chora.

Verdade: Chorar pouco ou simplesmente não chorar significa apenas que você domina as lágrimas.

Mito: Remédios ajudam a superar o luto.

Verdade: Ao vivenciar o luto, algumas pessoas buscam o auxilio de fármacos na tentativa de diminuir ou superar o sentimento de perda. Acontece que, a ingestão de remédios poderá servir apenas para aliviar os sintomas provocados pelo luto que são insônia, ansiedade, excesso ou falta de apetite, crises de raiva ou choro, desânimo e melancolia.

Mito: Estou de luto e por isso devo me afastar da família e dos amigos.

Verdade: Pelo contrário. É fundamental procurar se socializar nesse momento difícil. Fazer passeios ao ar livre, ter contato com a natureza e praticar exercícios físicos vão te ajudar a se sentir bem.

Mito: Não preciso da ajuda de ninguém.

Verdade: Todos nós necessitamos um do outro, inclusive durante o processo do luto. Desabafar e saber ouvir são muito importantes.

Mito: Tenho que me abdicar dos pertences do falecido.

Verdade: Permanecer com os objetos do ente querido é uma maneira simbólica de tê-lo presente.

Mito: Não posso pensar na morte do ente querido.

Verdade: Pensar no falecido e na causa da morte pode ajudar a refletir sobre a vida. Algumas pessoas recorrem às boas lembranças para amenizar a dor da saudade.

Links relacionados:

Recomeço

Meditação como auxílio de superação do luto

Saiba mais
Recomeço

Remédios ajudam a superar o luto?

Saiba mais
Recomeço

O que fazer com os pertences de um falecido?

Saiba mais